Rota do Guartelá

“Tibagi, Capital Paranaense do Esporte de Aventura”

PEGUA | Unidade de Conservação Estadual | Rodovia PR-340, km 247, Guartelá | Contato: peguartela@iat.pr.gov.br | (42) 9 8832-1849

O horário de funcionamento da Unidade de Conservação é das 08h às 18h de quarta a segunda-feira, recomendando-se iniciar percursos de trilha até no máximo 16h30. As terças-feiras é fechado para manutenção.

O Cânion do Guartelá, cortado pelo rio Iapó, abriga desde 1992 o Parque Estadual do Guartelá, o maior cânion em extensão do Brasil com a vegetação mais antiga do Estado do Paraná. Protege um rico ecossistema e várias atrações naturais, como quedas d’água, corredeiras, formações areníticas, vales e inscrições rupestres de aproximadamente 7 mil anos.

A Unidade de Conservação, que possui gestão pelo Instituto de Água e Terra do Paraná – IAT, está localizada a 18 km da cidade de Tibagi, no Bairro do Guartelá, sendo 16 km de via pavimentada e 2 km de estrada de chão, em boas condições. Sua entrada é gratuita e permite acesso a trilha básica auto-guiada, conforme explicamos abaixo, sendo necessária a contratação de guias de turismo/condutores cadastrados no Parque para acesso a trilhas das pinturas rupestres.

Trilha Básica: é uma trilha auto guiada, que dá acesso aos três pontos principais do parque: Mirante com vista do Canyon do Rio Iapó, Cachoeira da Ponte de Pedra (com 200 m, para ir na Cachoeira possui uma subida com pedras e não é permitido banho) e os Panelões do Sumidouro ou Pedregulho (permitido banho). Essa trilha dura de 2h30 a 3h e possui 5 km de extensão aproximadamente (ida e volta). Durante o percurso da trilha há monitores do Parque a disposição para dúvidas, ajuda ou auxiliar no que for necessário. Se chover dois dias antes ou no dia, não tem acesso a Cachoeira da Ponte de Pedra. É necessário fazer um cadastro no momento de chegada ao Parque.

Trilha Completa ou Trilha das Pinturas Rupestres: é uma trilha guiada e deve ser agendada com pelo menos 2 dias de antecedência. As operadoras de turismo da cidade oferecem este passeio e podem ser consultadas no Guia Digital de Turismo. Essa trilha dá acesso, além dos pontos principais (Mirante, Cachoeira da Ponte de Pedra e Panelões), às pinturas rupestres, local frágil e que tem limite de pessoas para visitar no dia (40 pessoas: 10 pessoas às 9h, 10 pessoas às 10h, 10 pessoas às 13h e 10 pessoas às 14h). Se chover no dia ou 2 noites anteriores, não será possível fazer a trilha. Ela dura entre 3h30 a 04h e possui 8km de extensão, aproximadamente (ida e volta).
O agendamento desta trilha é realizada pelos operadores de turismo diretamente com o Parque por e-mail.

Há outras trilhas na região do Guartelá, mas devem ser contratadas com Operadoras de Turismo local ou diretamente com os atrativos. Consulte também o Guia Digital de Turismo.

DICAS E LEMBRETES

  • Recomenda-se levar um lanche e uma garrafa de água para repor durante o passeio, além de ir com roupas leves e calçados apropriados, protetor solar, repelente e boné.
  • Não há serviços de venda de alimentos ou água dentro da Unidade de Conservação. Na rotatória existe uma lanchonete a Parada do Guartelá.
  • É proibido levar animais domésticos, bebidas alcoólicas, fazer fogo, acampar dentro do Parque, churrascos, depredar a natureza, fumar e abandonar lixo.
  • Recomenda-se que grupos de escolas, faculdades, pesquisa, entre outros avisem o Parque com antecedência por e-mail sobre a sua visita. Filmagens e matérias necessitam de autorização prévia do IAT.
  • Serviços de camping somente fora do Parque em atrativos particulares.

Existe serviço de estacionamento para motorhome. Veja como solicitar autorização e recolher a guia com o valor por dia aqui:

ESTACIONAMENTO MOTOR HOMES

Seguindo orientações da Gerência do Parque Estadual do Guartelá, listamos abaixo algumas informações referente ao uso do estacionamento exclusivo para Motorhome dentro do Parque:

**O agendamento para a reserva da vaga no estacionamento será feito pelo próprio Parque através do e-mail peguartela@iat.pr.gov.br.
**Como fazer a reserva:
Fazer depósito na conta AG: 3793-1/ CONTA:9278-9 / BANCO DO BRASIL / CNPJ 68.596.162/0001-78 e enviar por e-mail o comprovante do depósito para o Parque para confirmar a reserva.

**O valor será de R$ 27,50 reais (jul/24) por veículo / dia podendo fazer a reserva de até 03 dias desde que nestes dias não seja uma terça-feira dia; em que o Parque é fechado para visitação pública. Este valor é variável: 0,20 UPF/PR por veículo / dia.
**O horário limite para chegar ao Parque é às 19:00h.
**Os horários de acesso para as trilhas do Parque deverão ser respeitados assim como também as normas de conduta dos visitantes na UC.

Maiores informações através do Link: https://www.iat.pr.gov.br/Pagina/Autorizacoes-em-Unidades-de-Conservacao-Estaduais

Formada por uma separação das paredes de uma montanha que se dividiu devido a um abalo sísmico. Formando um corredor de pedra por dentro de uma montanha. Com um visual incrível. É hoje, um dos principais atrativos de Tibagi. Á área fica em propriedade particular e é obrigatória contratação de guia/condutor via operadora parada do Guartelá.

A fenda Guartelá, um corredor de pedra naturalmente esculpido no arenito, está localizada na fazenda São Damásio, a 27 km do centro de Tibagi, e faz parte do conjunto Guapiquere [ENTRE SERRAS E VALES] que possui trilhas de curto, médio e longo percurso com vistas panorâmicas. A trilha contando ida e volta, leva em torno de 3h possuindo lindas paisagens, cachoeiras e mirantes naturais para o Cânions Guartelá. A área fica em propriedade particular é obrigatória a contratação de guia/condutor via trip Tibagi.

Linda cachoeira que deságua no rio Iápo do Cânion Guartelá, localizada na pousada fazenda Guartelá. Tem dois patamares no total com 40 metros. A trilha tem aproximadamente 4 km de extensão e é possível chegar a cachoeira de veículo 4×4. A área fica em propriedade particular. Cobra-se taxa de visitação.

Reserva ecológica que faz divisa com o parque estadual do Guartelá que preserva o bioma de campos nativos. Floresta Ombrófilica mista e ainda resgata a cultura Guartelhana. Possui cachoeiras, trilhas, sitio arqueológico e formações areníticas; estrutura simples e rústica, aberto para visitação e hospedagem em camping e cabanas. Recomendado para todas as idades devido a sua facilidade de acesso. Cobra-se taxa de visitação.

O sitio sete quedas, próximo ao parque estadual do Guartelá, possui trilhas e 7 quedas d´água aonde é permitido o banho. A área fica em propriedade particular e é obrigatória a contratação de guia/condutor. VIA OPERADORA PARADA DO GUARTELÁ.

Complexo turismo localizado na margem direita do Cânion Guartelá, com infraestrutura que oferece conforto, segurança e diversas opções de lazer, gastronomia e atividades culturais. Uma excelente opção para quem procura lazer naturalista e contemplativo.

PR 340 – Acesso próximo a entrada do Parque Estadual do Guartelá
(42) 9 9813 4627
www.aguaraguazu.com.br

Atendimento ao Turista

(DIAS DE SEMANA)
08H ÀS 12H E DAS 13H ÀS 17H
Presencial e WhatsApp

(SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS)
Atendimento somente via WhatsApp

DISPOSIÇÃO DE MATERIAIS TURÍSTICOS DE TODA CIDADE.

Anexo a Orla do Rio Tibagi

(42) 3916 2281

setur@tibagi.pr.gov.br

Redes Sociais

Prefeitura Municipal de Tibagi © Setur 2024